Informações Úteis

Sub-categorias

  • Visto

    Informações Gerais

    Cada país utiliza diferentes critérios e exigências para a entrada e permanência de estrangeiros. Os Estados são soberanos para estabelecer políticas de admissão de estrangeiros em seus territórios, portanto, certifique-se junto à Embaixada ou Consulado do país para onde irá viajar para verificar quais são esses requisitos, que dependem do objetivo de sua viagem.

    De um modo geral, existem 3 tipos principais de vistos (variando de país para país), que devem ser verificados devido ao seu objetivo.

    Há o visto de turista, para viagens de lazer e entretenimento; o visto de trabalho, e o visto de estudo, cada qual com seus subtipos e variações.

    É possível obter um visto que dê direito a mais de uma destas atividades, como por exemplo, trabalho e estudo, mas é de extrema importância que os planos de viagem sejam verificados antes da solicitação, para evitar uma negativa.

    É importante salientar que os vistos não constituem garantia de entrada, e sim uma expectativa de direito. As autoridades migratórias possuem a prerrogativa, caso julguem pertinente, de impedir o ingresso de terceiros em seu território. Portanto, não viaje com visto de turista caso seu objetivo seja estudar ou trabalhar no país de destino. Alguns países não exigem visto para turistas brasileiros, porém essa dispensa não serve para quem for estudar ou trabalhar – neste caso, os procedimentos para a obtenção do visto específico para trabalho e/ou estudo devem ser verificados junto aos Consulados ou Embaixadas estrangeiros. O tempo que você poderá ficar no país de destino será determinado pela autoridade de imigração  no ponto de entrada.


    A desconfiança sobre os reais motivos da ida ao país é motivo suficiente para não permitir a entrada de estrangeiros (alguns países que não exigem vistos para turismo têm impedido o ingresso de brasileiros por suspeitarem de tratar-se de migração irregular). Adote sempre tom respeitoso e evite cair em contradições nos contatos que porventura mantenha com as autoridades estrangeiras.
    Da mesma forma, é importante lembrar que as Embaixadas e Consulados estrangeiros no Brasil não são obrigados a conceder os vistos solicitados. A recusa em conceder um visto não necessita ser justificada ao requerente.


    Reduzindo os riscos de ser inadmitido na entrada.

    Para reduzir os riscos de inadmissão, é conveniente que tenha consigo vouchers de hotel, dinheiro suficiente para o tempo de permanência, passagem de volta e cartão de crédito internacional. Pode ser exigida carta-convite da pessoa ou família que o hospedará ou da instituição organizadora do evento de que participará, assim como declaração da empresa ou órgão, caso vá a trabalho. Alguns países podem exigir a comprovação do porte de valores determinados como uma das condições para autorizar a entrada. É interessante ter consigo todos os documentos que foram necessários para a obtenção do visto no embarque, desembarque, e todo o curso da viagem.  É vital consultar a Embaixada ou o Consulado do país de destino antes de viajar, para receber informações completas e atualizadas.  É aconselhável, também, que o viajante esteja vestido de acordo com os padrões locais e a época do ano em que a viagem ocorrerá: roupas leves ou muito sumárias em períodos de inverno intenso poderão, por exemplo, chamar a atenção das autoridades migratórias estrangeiras. Toda pesquisa que puder realizar sobre o país de destino pode ajudá-lo no processo de admissão.

     O que fazer em caso de negativa de entrada no país?

    A pessoa não-admitida pode ter de aguardar horas, às vezes dias, em salas especiais dos aeroportos ou em centros de detenção provisória antes de embarcar de volta para o Brasil, por isso, o mais importante é manter a calma. Leve consigo os endereços e telefones das Embaixadas e Consulados brasileiros no seu país de destino. Em caso de detenção, é garantido o direito de solicitar um telefonema à sua Embaixada ou Consulado. O contato com o Consulado ou Embaixada do Brasil poderá transmitir informações aos familiares e zelar para que exista um tratamento digno. No entanto as autoridades brasileiras não poderão intervir ou modificar a decisão das autoridades migratórias locais sobre a denegação de entrada no país.

    Lembre-se de tomar todas as precauções necessárias, afinal, no caso de não ser admitido, você corre sério risco de perder o investimento que realizou com passagens e outras despesas.

english_version

Busca

Contato

Horário de atendimento:

Campus Santo André: Segunda a sexta, das 9h às 11h e das 14h às 16h e quinta das 18h às 19h

Bloco A, térreo, Sala 007

Mobilidade Acadêmica e Ciência sem Fronteiras

E-mail: mobilidade[at]ufabc.edu.br 

E-mail: cienciasemfronteiras[at]ufabc.edu.br

Tel.: +55(11) 3356-7222/7224

Idiomas sem Fronteiras 

E-mail: idiomas.ri[at]ufabc.edu.br

+55(11) 3356-7223

Cursos de Idiomas

Inglês: clip[at]ufabc.edu.br

Espanhol: idiomas.espanhol[at]ufabc.edu.br

Francês: idiomas.frances[at]ufabc.edu.br

Dúvidas gerais: idiomas.ri[at]ufabc.edu.br

Tel.: +55(11) 3356-7223/7225

Acordos, Institucional, Assuntos Gerais

E-mail: ri[at]ufabc.edu.br

Tel.: +55(11) 3356-7221